domingo, novembro 11, 2007

Os Favoritos da Casa - Werner Herzog

Li agora que a Cultura vai exibir na terça o documentário - "Meu Melhor Inimigo", que mostra a relação entre Herzog e Klaus Kinski, (horário 23:40). Herzog e Kinski fizeram juntos alguns filmes cujos temas e processos de produção eram absolutamente insanos. Fitzcarraldo, Aquiles, a Cólera dos Deuses, entre outras obras primas e únicas.
Além da importância de seus filmes, duas outras coisas sempre despertaram a minha admiração. É completo autodidata, e nos seus filmes corre todos os riscos que a produção e os atores sofre (e quem viu os filmes sabe que os riscos são insanos mesmo).
Vi que ele está com um novo filme - Rescue Dawn, que ainda não foi lançado aqui. E o mais interessante é que o ator principal é Christian Bale, que da mesma forma atua sempre em papéis ligados a insanidade e aos extremos. Eu acho O Operário uma pequena obra prima; e Patrick Bateman em Psicopata Americano é um clássico.

ps - Quando o comentário é bem melhor que o original, o que sempre ocorre com os comentários do Chaninski, nós roubamos e colocamos junto,

Ao que parece, a Cultura exibirá sete filmes em seguida feitos na germânia. Torço que sejam todos do Herzog. Excluindo os clássicos Lang, Riefenstahl e Murnau, é uma nação com muito cineasta chato metido a foda: ex: Win Wenders (ele fez dois filmes soberbos - Paris, Texas e Asas do Desejo - e depois, merda apos merda) e Fassbinder (esse é chato pra caralho). Tem a nova geração de realizadores com dois nomes talentosos - Florian Henckel von Donnersmarck e, principalmente, Tom Tykwer -, mas acredito que a Cultura não tocará neles. Se ela exibir alguma coisa de algum realizador novo, aposto que será do panfletátio Hans Weingartner com seu Edukators.

Semana passada foi o Woyzek do Herzog e nesta, outro do cara. Sei que o Fitzcarraldo ( antes de morrer, eu quero saber como ele colocou o barco naquela posição visto que não existia computação gra´fica ) e o Aguirre ( também, antes de morrer, tenho curiosidade em saber como eles fotografaram a sequência final ) fazem parte do acervo da RBTV. Contudo, há o documentário do homem urso que está solto e já passou da grade, possibilitando a exibição em TV aberta. Sobre o Sr. Bale, Psicopata Americano é uma bela adaptação de um livro bem divertido. O Operário é legal. Sem contar que ele tirou o Batman do limbo boioloa em que foi colocado em quatro filmes prévios. Outro bom filme com tal ator é uma ficção de 2002 chamada Equilibrium.

1 Comments:

Blogger Chanis said...

Ao que parece, a Cultura exibirá sete filmes em seguida feitos na germânia. Torço que sejam todos do Herzog. Excluindo os clássicos Lang, Riefenstahl e Murnau, é uma nação com muito cineasta chato metido a foda: ex: Win Wenders (ele fez dois filmes soberbos - Paris, Texas e Asas do Desejo - e depois, merda apos merda) e Fassbinder (esse é chato pra caralho). Tem a nova geração de realizadores com dois nomes talentosos - Florian Henckel von Donnersmarck e, principalmente, Tom Tykwer -, mas acredito que a Cultura não tocará neles. Se ela exibir alguma coisa de algum realizador novo, aposto que será do panfletátio Hans Weingartner com seu Edukators.

Semana passada foi o Woyzek do Herzog e nesta, outro do cara. Sei que o Fitzcarraldo ( antes de morrer, eu quero saber como ele colocou o barco naquela posição visto que não existia computação gra´fica ) e o Aguirre ( também, antes de morrer, tenho curiosidade em saber como eles fotografaram a sequência final ) fazem parte do acervo da RBTV. Contudo, há o documentário do homem urso que está solto e já passou da grade, possibilitando a exibição em TV aberta. Sobre o Sr. Bale, Psicopata Americano é uma bela adaptação de um livro bem divertido. O Operário é legal. Sem contar que ele tirou o Batman do limbo boioloa em que foi colocado em quatro filmes prévios. Outro bom filme com tal ator é uma ficção de 2002 chamada Equilibrium.

12:40 PM  

Postar um comentário

<< Home