terça-feira, agosto 26, 2008

Sobre o resultado das Olimpíadas

Está ocorrendo uma discussão sobre o resultado da participação do Brasil nas Olimpíadas. Erik colocou esse ponto , e agora o Gustibus aprofunda o debate. Na minha opinião não se trata tanto dos resultados. Eles pertencem aos indivíduos que os conquistaram. Não era você, eu ou o Galvão Bueno que treinamos ou disputamos a prova lá. A maldita nação de chuteiras generalizada.
Acho que o incentivo ao esporte é importante em muitas comunidades carentes, e nessas situações podem ser uma única alternatica a criminalidade, já que nosso sistema educacional é uma calamidade. Mas acho que boa parte destes programas são realizados por voluntários, com pouco ou nenhum dinheiro das fontes públicas.
Na contabilidade que foi apresentada, não estão contabilizados os patrocínios, que em parte são renuncias fiscais. O problema está no percentual desse dinheiro que realmente chega aos atletas. Como tudo que está relacionado ao uso de dinheiro público no Brasil, a maioria da verba é interceptada no caminho. Nosso país só vem piorando nisso.

1 Comments:

Blogger Joao Melo said...

Laurini, esta estória de torcer pelo Brasil não dá mesmo. SE em todas as áreas ocorrem problemas de $$$, no esporte não é diferente. E falta gestão mesmo para melhorar este ridículo resultado Pequim 2008. E, desde já, não me venham com Olímpiadas no Brasil. Sem fazer dever de casa, não dá para fazer boa prova. Não gosto desta velha fórmula pão + circo. Enquando a educação míngua de conhecimento, vamos investir no pac pré-sal... Você que é doutor no assunto, já pensou em relacionar nível educacional x quantidade de medalhas, em uma série de uns 50 anos? Penso que educação ganha OURO. Enquanto o Brasil fica nos >50° lugar. Abração, João Melo

1:53 PM  

Postar um comentário

<< Home