sábado, outubro 11, 2008

Perda

Acho que esqueci um livro no ônibus hoje. Posso te deixado em casa, mas me lembro de ter colocado na mochila. O livro era Mysteries do Knut Hamsun.
Quando estava no ínicio da graduação, esqueci no ônibus uma edição de Era dos Extremos do Eric Hobsbawn, que era o livro usado no curso de história econômica geral. Eu voltei e perguntei pelo livro, mas no dia ninguém achou. Uns 3 meses depois alguém da empresa do ônibus ligou na secretaria de graduação avisando que o livro tinha ficado um tempo enorme no ônibus e agora eles tinham achado. Acho que muita gente deve ter visto o livro lá, e ninguém se interessou. E dizem que o nosso povo não tem cultura. Pelo contrário, este é um bom exemplo de crítica literária correta. Não sou especialista em história, mas sempre achei esse livro mais um exemplo de uma mistura do marxismo de boteco com uma profundidade de poça d'água.
Se eu esqueci mesmo meu Hamsun será uma perda. Só me devolvem o que não tem valor.

4 Comments:

Blogger Cristiano said...

Grande perda a do Hamsun.

1:13 AM  
Blogger Ricardo Bernhard said...

O pior é ter que decorar as opiniões geniais do HOBSBÃO para passar no concurso pra diplomata.

3:54 PM  
Blogger Joao Melo said...

Márcio, perder algo sempre é desagradável e aborrecido. Mesmo que seja do Mestre Eric Hobsbawm. Conheci seus livros, para variar, na especialização em REL na UnB. De qualquer maneira, sempre penso que é melhor conhecer o outro lado, do que desconhecer totalmente. Espero que você seja "recompensado" e alguém do bem localize seu livro.
Uma ótima semana.
Abraçao,
João, direto da selva.

6:17 PM  
Blogger .Cibele bastos said...

bem aventurado será quem o encontrar.

;*

2:17 PM  

Postar um comentário

<< Home